Artigos

Presb. Osmar de Lima Carneiro

Presb. Osmar de Lima Carneiro:
As pedras clamarão

(Lc 19:40)
Seguindo para Jerusalém o Mestre se defronta com a multidão de peregrinos, logo foi freneticamente aclamado:
- Salve Jesus, o Messias!
- Restauremos o trono de David!

Os discípulos chegaram trazendo o jumentinho. Certamente as mulheres adornaram o animalzinho e Jesus montou. Era a primeira vez na sua vida apostolar que viajava daquele modo. Sempre andara a pé, humildemente. Entrara na cidade outras vezes, obscuro e simples, sempre no meio das turbas.

Agora, dava ar solene ao seu ingresso no solo sagrado da velha Sião, onde a morte o esperava. Mas era uma solenidade simples, de pobre. O carro era para Ântipas; o corcel equipado era reservado a Pilatos; a liteira de finos cortinados, era usada por Herodes. Toda a ostentação do Mestre é um jumentinho, a condução do povo.

Vendo Jesus montado, a multidão prorrompe em aplausos. Os discípulos também se contagiam pelo entusiasmo popular e todos aclamam:
- Glória ao filho de David!
Milhares de vozes respondem:
- Paz no céu, e glória nas alturas!
Neste ambiente, os fariseus apelam a Jesus:
- Mestre, repreenda os teus discípulos, tanta algazarra perturba!

Jesus disse-lhes francamente: Se estes se calarem, as pedras clamarão!

Nestes dias pós-modernos já ouvimos o murmúrio das pedras... É tanto que, em algumas comunidades ditas evangélicas, quando alguém deseja um culto ameno, o ministro que fabrica bezerros logo é encontrado e lhes traz:
- um pregador que não lhes confronte;
- uma mensagem com palavras que produzam sentimentos agradáveis;
- um orador que tenha senso de humor e com um bom arquivo anedótico;
- alguém com discursos motivacionais, estimulantes e com pensamentos positivos e com auto-satisfação;
- sermões que satisfaçam o ego, pois os que exortam, corrigem, repreendem, são inaceitáveis.

Mas urge que, como profetas de Deus, continuemos a nossa pregação, combatendo o culto light, rejeitando o louvor soft e deixando à margem o sermão diet (pregação leve, superficial, sem raízes), valorizando o Estudo da Palavra.

O Evangelho brando, sem falar em pecado e inferno, nunca!

A profecia continua ecoando: “Se estes se calarem, as pedras clamarão!”.

[listar artigos desse colunista]

IGREJA CONGREGACIONAL NO BESSA

Rua Cândida Nóbrega Ferreira, S.N. - Bessa - João Pessoa/PB
Fone: (83) 3021-2172