Artigos

Presb. José de Arimatéa Menezes Lucena

Presb. José de Arimatéa Menezes Lucena:
PASSAPORTE PARA O CÉU

O passaporte é um documento necessário para quem viaja a outro país. Por exemplo, se você pretende ir aos Estados Unidos – USA, você tira o passaporte e solicita a embaixada americana autorização para entrar nesse país. Você poderá até já ter comprado a passagem, mas só entrará nos USA se tiver autorização de sua embaixada aqui no Brasil.

A morte é a passagem desta vida para o país da Eternidade. O homem, ao pecar, foi separado de Deus e teve o seu passaporte carimbado para ingressar no inferno. Se ele quiser ir para a Pátria Celestial terá que pedir à embaixada celestial o visto de entrada no céu.

O Senhor Jesus é o Embaixador de Deus, que desceu do céu, para lhe dar esse visto de entrada, a fim de que você possa morar eternamente na Pátria Celestial.

Antes da vinda do Senhor Jesus, o homem tinha dificuldade de conseguir acesso ao céu. Mas, como Deus enviou o Seu Filho, para esse fim, não há mais dificuldade. Basta esse homem reconhecer o Senhor Jesus como Salvador de sua vida e obedecer ao Seu Evangelho, nesse momento ele tem o seu passaporte carimbado, com direito assegurado de ingressar no céu. O Senhor Jesus diz: “...ninguém vem ao Pai, senão por mim” (Jo. 14. 6b). Quem faz essa opção de vida está seguro e o inimigo de nossas almas não poderá nos arrebatar; porque nada “nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor” (Rom. 8.39 b).
E você, amigo leitor, já tem o seu visto de entrada no céu? Se não tem, providencie enquanto tem vida. Se já carimbou, parabéns pela feliz providência. Mas, e seus pais, seus familiares e amigos que ainda não tomaram uma decisão ao lado de Cristo? Saiba que, um dia, quando eles morrerem, irão viajar para a eternidade, porque em seus passaportes existem apenas o carimbo do pecado que assegura a entrada no inferno. Eles pensam que do jeito que estão poderão entrar no céu. Isso não é verdade. No céu só entra com o carimbo de Cristo. A Palavra de Deus é clara ao dizer: “quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida” (1 Jo. 5. 12). Na eternidade só existem duas Pátrias: a celestial e a infernal. E o visto no passaporte é dado aqui na terra, quando a pessoa está viva, morreu, acabou-se! Viajará com o visto do passaporte que providenciou quando em vida. Veja o caso daquele ladrão crucificado ao lado de Cristo que providenciou o carimbo em seu passaporte na última hora de sua vida. Ele teve entrada assegurada no céu, simplesmente, porque viu ali, ao seu lado, o Embaixador de Deus e disse a Jesus: “Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino. E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso” (Lucas 23. 42-43).

Não perca tempo, anuncie às pessoas sem Cristo para regularizarem o passaporte na Embaixada Celestial, porque elas poderão viajar para a eternidade a qualquer momento e a morte é a única passagem em que o bilhete não registra nem dia, nem hora.

[listar artigos desse colunista]

IGREJA CONGREGACIONAL NO BESSA

Rua Cândida Nóbrega Ferreira, S.N. - Bessa - João Pessoa/PB
Fone: (83) 3021-2172