Artigos

Presb. Osmar de Lima Carneiro

Presb. Osmar de Lima Carneiro:
Em mim...o querer de Deus!

Maria recolhe-se após um dia de trabalho. Ajoelha-se e enleva sua’lma para o céu. Aos poucos o seu pensamento vai crescendo pra o infinito e a sua oração sincera invade a intimidade de Deus. É uma jovem pura como as estrelas, cândida quais lírios do campo, misteriosa como as sombras da noite. Falava com Deus. Se pudéssemos penetrar no seu pensamento naquele instante de oração! Como as demais jovens da sua pátria, sonhava em ser a mãe do menino rei. Mas é impossível realizar tal proeza, imagina ser preciso ser pobre, humilde, casta; certamente é preciso sofrer, perdoar, ser desprendida, resignada, e, quem sabe, poderosa!

Continua orando no seu quarto e sente a presença de um ser angelical. Uma luz muito forte, claridade intangível. Os lábios da jovem murmuram:
- Senhor...

E um anjo aparece, comunicativo e profético:
- Salve, agraciada! O Senhor é contigo; és bendita entre as mulheres.

A luz é forte, a voz angélica é terna e clara:
- Não temas, Maria, porque achaste graça diante de Deus, e conceberás e darás à luz um filho, e por-lhe-ás o nome de Jesus.
Maria, atônita, indaga:
- Como isto acontecerá, pois ainda sou virgem?
- Descerá sobre ti o Espírito Santo, e o que nascerá de ti será chamado Filho de Deus, disse o anjo.

Maria ouve, mas fica confusa, pois tudo isso é difícil de entender. O ser humano é limitado e não logra entendimento fácil, mas ela aceita tudo o que ouve pela fé, pela evidência da grande revelação:
- Eu sou o anjo Gabriel, o que te anuncia o Salvador!

Maria, genuflexa, exclama:
- Eis aqui a serva do Senhor! Cumpra-se em mim o querer de Deus.

O anjo desapareceu, deixando Maria pensativa e fitando as estrelas.
A lição maior que desejamos destacar aqui fica por conta da disposição da futura mamãe: “Cumpra-se a tua vontade!”

Submissão à vontade do criador de tudo; submissão àquele que criou o homem; submissão àquele que fez tudo e sem Ele, nada do que foi feito se fez; submissão do finito ante o infinito; submissão do humano ante àquele que humaniza o verbo eterno. Submissão a uma Vontade que é boa, perfeita e agradável e que só deseja a salvação do homem perdido.

Submissão Àquele que ama os sofredores, os vencidos, os pobres, os humilhados, os doentes, os desamparados, os tristes e desencorajados. Transformá-los, todos, em filhos de Deus é o maior propósito do futuro rebento. Que nós, em ouvindo a voz de Deus, apresentemos a mesma confissão e disposição de Maria, cumpra-se em mim o querer de Deus!

[listar artigos desse colunista]

IGREJA CONGREGACIONAL NO BESSA

Rua Cândida Nóbrega Ferreira, S.N. - Bessa - João Pessoa/PB
Fone: (83) 3021-2172